Uma introdução ao Jiu-Jitsu Brasileiro
Apesar de já existir há muitos anos, o Brazilian Jiu-Jitsu ficou famoso nos Estados Unidos por Royce Gracie no Ultimate Fighting Championship. Muitas pessoas não estavam familiarizadas com o estilo até que Gracie entrou no UFC e continuou a dominar lutadores de todos os estilos e categorias de peso, um após o outro. Assim que as pessoas começaram a ver a rapidez com que Gracie poderia derrotar um oponente, elas rapidamente se interessaram pela arte do Jiu-Jitsu brasileiro.
THANK YOU FOR SUBSCRIPTION
Our service is astonishingly thin and light.


Como muitos já sabem, o Jiu-Jitsu Brasileiro é uma arte que é utilizada no chão grappling, com muito pouca habilidade em pé envolvida. A maioria das técnicas usadas na arte marcial é executada no solo. As técnicas envolvem muito pouca força do estilista, já que a maioria delas é sobre a técnica por trás do movimento. Com os estilistas de Jiu-Jitsu Brasileiro que pesam 100 libras ou menos podem rapidamente colocar um bloqueio de finalização em alguém que tem 2 a 3 vezes seu peso e tamanho.

Mesmo que o Jiu-Jitsu brasileiro seja ótimo para lutas em torneios, não é tão bom contra vários atacantes. Com lutas um a um é muito dominante, embora se você estiver contra vários atacantes será muito difícil puxar um dos estrangulamentos ou chaves de braço. Você simplesmente não terá tempo para fazer isso, pois os outros invasores estarão tentando arrancar sua cabeça.

Do chão, utilizando o Jiu-Jitsu Brasileiro, o estilista terá muitas opções que pode utilizar. Ele pode realizar estrangulamentos, chaves de braço, chaves de perna e dezenas de outras técnicas que podem tirar alguém de cena em questão de segundos. Quando o estilista está de costas com o oponente por cima, ele tem a guarda, que é onde envolve o atacante com as pernas. Da posição de guarda, o estilista pode executar dezenas de técnicas - mesmo que pareça que ele não tem chance.

A montagem, o controle lateral e a montagem traseira são as posições principais, junto com a proteção. A posição de montagem é onde o estilista é montado em cima do atacante no chão - uma posição onde ele pode dar um soco ou executar um golpe de finalização. Com o controle lateral, o estilista está deitado sobre o peito do oponente, uma posição onde ele pode facilmente executar uma chave de braço. A montada nas costas está entre as posições mais perigosas - onde o estilista fica nas costas do oponente e realmente prejudica se o oponente não tiver experiência de Jiu-Jitsu.

No Jiu-Jitsu Brasileiro, as fileiras começam na faixa-branca, passam para a azul, roxa, marrom e a cor mais alta - a preta. Para subir na hierarquia, é preciso muita prática e dedicação, geralmente em torno de 2 a 3 anos por faixa. Quando um aluno atinge a faixa preta, ele é capaz de ensinar a outros alunos o que sabe. Demora muito para chegar a este ponto, mais de 10 anos - embora valha a pena.

No mundo das artes marciais, o Jiu-Jitsu brasileiro é muito eficaz. É uma das melhores artes marciais para a luta no solo, principalmente em torneios. O grappling é muito comum em torneios hoje em dia, e é por isso que vale a pena ser um estilista completo. Poucos estilos de artes marciais podem competir com o Jiu-Jitsu brasileiro no chão, e é por isso que tantas pessoas estão decidindo estudá-lo. Se você decidiu começar a estudar esta excepcional arte marcial baseada no solo - você pode se dar um tapinha nas costas por tomar uma decisão da qual não se arrependerá.